Make your own free website on Tripod.com

 

VIVER DE AMOR

Letra: Sta. Teresinha do Menino Jesus

Música: Ir. Kelly Patrícia e Cleide Perdigão 

 

Em                  C     D            Em

Viver de amor é dar sem medida sem

         C              D  Em

na terra salário reclamar.

                                C

Ah! sem contar  eu dou, pois

                        D

convencida de que quem ama

Em                             C  D

não sabe calcular. (bis)

 

Em                   C                D

Ao divino Coração transbordante de

   Em                       C                      D  Em

fineza. Eu dei tudo e leve corro com ardor. 

  Em                          C       D     Em        C  D

Não tenho mais que minha única riqueza:  viver de amor! (bis)

Em             C         D            Em

Viver de amor é banir todo temor 

                                    C                     D  Em

toda lembrança das faltas do passado,

Em                          C                          D               Em

de meus pecados, vestígio algum eu vejo, eu vejo,

                          C       D      Em    C    D  

Ao fogo divino um a um foi apagado.

Em                   C                       D  Em

Chama sagrada, ó dulcíssima fornalha.           

                            C                   D    Em

Minha morada eu fixo em teu ardor              

                        C                 D      Em      C D

Jesus, é aí, que eu canto com alegria: eu vivo de amor! (bis)

Em             C             D                       Em

Viver de amor, que estranha loucura,

                                 C              D  Em

diz-me o mundo, ah! cessa de cantar,

                              C

não percas teu perfume, tua vida

D                     Em                        C D

utilmente procura empregar. (bis)         

Em            C           D          Em

Amar-te, Jesus, que perda fecunda!

                            C                            D  Em                               

Todos os meus perfumes são teus, pra sempre

                              C

Eu vou cantar ao sair deste

                    D           Em

mundo: eu morro de amor! (bis)

 

 

[Imprimir]    [Voltar]